VEJO TUDO... SERÁ QUE ESTOU INCORPORADO?

                                         

Esse é o medo e a pergunta de todo médium que inicia sua caminhada na Umbanda é o fator da incorporação consciente.

A cada 10 médiuns 9 tem essa dúvida e insegurança no inicio de suas Incorporações.
Isso é muito comum de ouvirmos, esse tipo de dúvida sobre o transe, quem não teve esta duvida? Ou quem nunca ouviu esta pergunta?

Essa dúvida que assola a maioria dos terreiros a culpa é de grande parte dos dirigentes espirituais e dos médiuns de incorporação mais antigos que insistem em dizer que são totalmente inconscientes, talvez para valorizar sua mediunidade e não perderem a credibilidade ou com medo de serem tachados de mistificadores.
- Podemos nos acalmar! Há muito tempo sabemos que as entidades deixaram de usar a inconsciência como fator preponderante para um bom trabalho exercido através de seus médiuns, muito pelo contrario, hoje sabemos que 95% dos médiuns são totalmente conscientes, e 4% semi-conscientes.
A inconsciência completa hoje é rara nos médiuns, a minoria cerca de 1% dos médiuns a traz pelo dom mediúnico de nascença e não por necessidade espiritual dos Guias, e raramente irá ser revelada, justamente para não causar insegurança tão presente em nossa religião.

 

PENSEMOS EM UM EXEMPLO:

 

Você Tem um Copo de Água, Adicione uma ou Duas Colheres de Açúcar , Dá ainda Para Identificar os Dois Elementos, Se Agitarmos Esses Dois Elementos Eles se Misturaram, Dando Assim Um Terceiro Elemento Inteiramente Modificado. Mas, Ainda Contendo os Outros Dois Elementos. – Assim Se Processa a Incorporação, A Mente do Médium Aliada a Energia Gerada Pela Entidade que se Aproxima, Unindo-se em Perfeita Harmonia e Com o Conhecimento de Ambos Fazem um Trabalho Mais Compacto e Correto. -Nunca Se Acanhe Em dizer que é Consciente, Pois ao Contrario a Persistência da inconsciência
Poderá Levá-lo a Falha dando Assim, Margens para Suspeitas de Mistificação.

MAIS UMA PROVA:
Os Médiuns Quando Incorporado Suas Entidades Possuem Alguns Trejeitos Vamos Usar o Caboclo Como Exemplo:
Caboclos Levam Uma Das Mãos para Traz Ou Fecham suas Mãos Estirando Um Dos Dedos Como se Fosse Uma Lança Ou Espada, Outros Mancam de uma Perna e Outros Gostam De Dançar, VOCÊ Médium Tente Impedir Um Desses Movimentos ou Vontades, Você estará Cometendo uma Falha Muito Grande de Intervenção, Má Terá a Prova da Reação da Entidade Não o Permitindo Corrigir a Postura ou Movimento.

 

FINALIZANDO

 

Antigamente no Inicio Da Umbanda Havia a Necessidade Da inconsciência dos Médiuns, Muito era o Numero de Leigos E Descrentes, Muitos Curiosos de outras Seitas Testavam Nossos Médiuns de Forma Inconveniente, A Umbanda Sentia a Necessidade De Provar a que Veio, E Também por Causa De seus Médiuns que Sentiam Vergonha na Pronuncia, Nos Trejeitos e na Postura Das Entidades se Assustavam Com Estas Condições e que Por Conseqüência
Poderiam os Levar ao Afastamento de Suas Entidades e Obrigações Religiosas.

Hoje Graças ao Nosso Pai Oxalá, Nossos Orixás e Guias, E Com A Evolução Constante da Lei Todos nos Conhecemos as Capas Fluídicas que Nossas Entidades Faz de Uso, Não Havendo Assim Mais a Necessidade de Esconderem de seus Médiuns a Forma que se Apresentam.

 


http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=93674135